Entenda os números da mobilidade aplicada ao varejo

A palavra mobilidade passou a ser estudada e, principalmente, trabalhada nos últimos anos por empresas de todos os portes. Elas querem acompanhar como esse conceito vem mudando as formas de interação entre consumidor e loja. E o varejo é um setor que necessita estar ainda mais atento às transformações na maneira com que as pessoas pesquisam e compram.

Mobilidade: a força da internet móvel no Brasil

E o artigo de hoje começará com a exposição de alguns dados que comprovam o crescimento do uso de aparelhos mobile. Veja na lista a seguir:

  • Segundo a pesquisa Mobile Report, realizada pela Ibope Nielsen, até o primeiro trimestre de 2015 eram 68,4 milhões de pessoas que acessaram a internet via smartphone;
  • Já o estudo ‘Digital, Social & Mobile in 2015’, feito pela agência de marketing digital ‘We Are Social’, aponta 79 milhões de usuários de internet móvel;
  • De acordo com a mesma pesquisa, exposta em janeiro de 2015, 22% da população utilizou ao menos uma vez um dispositivo móvel (smartphone ou tablet) para pesquisar um produto no mês anterior, enquanto que 15% efetuaram alguma compra no mesmo período;

E no mundo

  • Já a nível global, segundo a CISCO, até 2019 o número de usuários de internet pelo mobile chegará em 5,2 bilhões. 497 milhões somente na América Latina.

 

A atuação do varejo nesse cenário
São várias vantagens para o varejista que investe em mobilidade, em termos de tecnologia, para aperfeiçoar as vendas e os processos internos da empresa. Uma delas é a rapidez e a facilidade na execução das tarefas. Vamos mostrar a seguir os principais benefícios da incorporação dos dispositivos móveis no dia a dia de vendedores, diretores e consumidores:

 

Vendedores com a informação na mão

vendedor-tablet Entenda os números da mobilidade aplicada ao varejo

O uso de tablets e smartphones como ferramentas e softwares próprios para otimizar as vendas já é uma realidade. Assim, os vendedores podem ter acesso rápido as informações sobre o produto ou serviço, agilizando o processo de compra por parte do consumidor. É mobilidade total para garantir mais produtividade em vários processos.

Essa prática é ainda mais eficiente na venda direta, especialmente quando um consultor é destinado a ir até o cliente. Além de economizar em espaço, ele terá todos os dados suficientes com acesso por meio do seu dispositivo móvel. Com um vendedor mais bem preparado e informado, é natural que as chances de venda aumentem.
Feche uma venda via mobile

Da mesma forma que um vendedor pode ter acesso a todos os processos internos e informações sobre produtos, ele pode ter a praticidade de fechar um negócio utilizando um tablet ou smartphone. Hoje já existem ferramentas que são conectadas a esses dispositivos móveis, as mais conhecidas são o PagSeguro e o PagCom.

São soluções muito vantajosas para PMEs, especialmente por possuírem um custo menor que os tradicionais leitores de cartões. Além de ser uma forma de modernizar as transações financeiras com os consumidores.

 

Sua empresa ainda não possui um aplicativo?

Se a resposta for negativa, é hora de rever esses conceitos. Hoje os principais players do mercado possuem um aplicativo de vendas voltado para o mobile. Para seguir essa tendência é preciso estar próximo do consumidor, portanto, crie ferramentas para pesquisa de preços, compra e venda, suporte e qualquer outro fim que faça o público interagir com sua empresa.
Pesquisar e consumir de qualquer lugar
Talvez essa seja a grande vantagem para o consumidor que usa os dispositivos móveis. A portabilidade faz com que as pessoas possam acessar a internet de qualquer lugar, inclusive sem sair da própria casa. Contudo, podem pesquisar e comparar preços até mesmo na própria loja para saber se ele estará realizando um bom negócio ao fechar uma compra por ali mesmo.

Blog Sovis: como melhorar as vendas no varejo?

 

Mobilidade além dos smartphones

A mobilidade da tecnologia é uma tendência que vem ganhando força nos últimos anos e se fortalecerá ainda mais nos próximos. A chamada comunicação M2M (Máquina para Máquina) é uma realidade a qual, por exemplo, uma geladeira ou uma televisão, previamente configuradas, podem realizar uma compra de forma automatizada.

Todos os fatos e tendências listados no post de hoje mostram como o varejo deve ficar atento à essas mudanças. O motivo? Para aperfeiçoar os processos de gerenciamento, venda e distribuição dos seus produtos, etc. Afinal, a crescente adesão ao mobile interfere em todos os setores de uma empresa. Também modifica estruturas, especialmente as de relação com seu público.

 

Mobilidade em softwares para você faturar mais!

Você sabe que não dá para abrir mão da mobilidade no dia a dia. Em termos de tecnologia, esta necessidade é ainda mais evidente. Neste cenário, a Sovis apresenta aqui suas soluções de primeira linha para você vender e faturar mais. Clique abaixo nos softwares que deseja conhecer mais detalhes:

SOVIS/FV – Automação de força de vendas

SOVIS/OS – Automação de ordens de serviço

SOVIS/IP – Software de gestão de iluminação pública

SOVIS/VA – Automação de vendas assistidas

 

 

Quer saber mais sobre tecnologia? Siga a Sovis nas redes sociais:

Facebook

LinkedIn

Deixe um comentário