Cockpit de gestão: gráficos, mapas de calor e o segredo dos gestores de sucesso

Cockpit de gestão

Você já percebeu como a gestão de uma empresa se assemelha ao controle de um avião?

Entre todos os desafios do piloto, cabe a ele monitorar o painel de controle que transmite em tempo real o status do que está acontecendo, possibilitando ao piloto tomar decisões rápidas em cada momento.

Já na empresa, é por meio dos relatórios mensais que é possível fazer uma análise do andamento e desempenho do período que passou e utilizar os dados para tomar decisões a respeito do período que virá.

Mas e se ao invés de esperar todo o mês ou período determinado para entender o desempenho de um estratégia, da equipe, dos vendedores, fosse possível acompanhar tudo isso em tempo real?

É o que propõe o gerenciamento por cockpit.

E se essa palavra é completamente nova no seu vocabulário, saiba que o conceito tem fundamentos de gestão bastante conhecidos.

O que o gerenciamento por cockpit propõe é utilizar esses fundamentos de maneira a tomar ações preventivas e reativas com muito mais agilidade do que é feito normalmente.

Esse nível de controle e assertividade pode ser exatamente o que a sua distribuidora está precisando para melhorar o desempenho de vendas e também aprimorar a gestão.

Vem entender!

O que é um cockpit?

Cockpit significa cabine em inglês, ou painel de controle, em referência a posição que o piloto ocupa. Por isso a comparação no início do artigo.

Dentro da sua distribuidora, assim como o painel de um avião, o cockpit tem a função de proporcionar a visualização sobre as principais informações do seu negócio por meio de recursos de fácil visualização.

É por isso que geralmente o cockpit é formado por gráficos, relógios e marcadores que tem o objetivo de apresentar os principais índices de desempenho num formato bem menos burocrático e que otimiza o tempo dos gestores.

Sabe todo aquele tempo investido na análise de planilhas do Excel e no cruzamento dessas informações a fim de chegar a conclusões que norteiam a tomada de decisão?

O cockpit simplifica todo esse processo através de gráficos, o que oferece uma visão bem mais focada e traz a vantagem de otimizar a leitura dinâmica de relatórios e agilizar as reuniões.

Como funciona o gerenciamento cockpit?

A partir dos objetivos definidos na estratégia da distribuidora, são traçados indicadores de performance que vão medir o desempenho e auxiliar a alcançar o resultado desejado.

Dessa forma, a composição do dashboard de visualização reúne vários itens (indicadores de performance) que possibilitam uma análise diversa dos dados. 

Sendo que para alcançar o melhor desempenho, os gráficos, mapas e dados do dashboard precisam ter um nível elevado de interação.

No dashboard desenvolvido pela Sovis, com o gerenciamento cockpit o gestor terá uma visão 360 graus da empresa, do status dos clientes, de quem são eles, quais são os vendedores e, entre outras coisas, a visão de um mapa de calor.

O mapa de calor consiste num gráfico no qual o gestor visualiza os pontos de clientes ativos, inativos, recuperados e quase inativos por região, o que possibilita, por exemplo, desenvolver ações e estratégias com o revendedor ou representante daquela localidade.

Os benefícios desse formato de gestão são tantos que é comum que a análise do cockpit seja a primeira tarefa do gestor ao iniciar o trabalho.

Dessa forma, durante o mês, as estratégias são adaptadas e reformuladas sempre que preciso a fim de alcançar as metas.

O método SOVIS para gerenciamento cockpit

O dashboard desenvolvido pela Sovis conta com módulos que enriquecem a análise das empresas e facilitam ainda mais para o gestor ter uma visão 360 graus do andamento de tudo.

Entenda a função de cada um desses módulos:

Controle de vendas realizadas e não realizadas

Através de vários gráficos individuais e de fácil visualização é possível entender o andamento das vendas gerais.

Além de poupar bastante tempo, a visualização do dashboard permite que gestores entendam rapidamente qual é o status em tempo real das metas por cliente e vendedor.

Evolução de vendas

Cockpit SOVIS/FV - Controle de vendas

Com o cockpit de Evolução de Vendas cria-se um objetivo de vendas e, a partir dele, ter a possibilidade de visualizar um gráfico com dados resumidos, torna muito mais fácil entender o saldo atual, o quanto falta e o esperado.

Combinado a evolução de vendas, o ticket médio oferece insights importantes, que podem indicar para a equipe se é necessário, por exemplo, rever a estratégia e os produtos vendidos.

Tudo em tempo real, com monitoramento dos dias restantes para a equipe alcançar os objetivos traçados.

Motivo de Não Venda

Outro indicador importante é o Motivo de Não Venda. 

Cadastrados a partir das preferências de cada empresa, os motivos de Não Venda oferecem um panorama geral sobre o que está impedindo seus vendedores de finalizar uma negociação.

Produto em estoque, falta de dinheiro, comprou do concorrente, trocou de marca, encontrou mais barato.

Todas essas e outras justificativas cadastradas pela empresa oferecem informações que devem ser analisadas para melhorar o que a sua distribuidora oferece.

A atenção destinada aos motivos de Não Venda garante, entre tantas coisas, que a sua distribuidora não perca espaço para concorrentes e acabe encontrando ainda mais dificuldade para recuperar esses clientes.

Clientes por status comercial

Aqui nós já falamos sobre estratégias para explorar o status comercial de cada cliente a fim de impulsionar as vendas.

Mas antes de colocar em prática métodos como a positivação de clientes, é preciso identificar, reunir e compilar o status de cada cliente para então partir para as estratégias.

Agora imagina ter que buscar em planilhas ou no cadastro de cada cliente, um por um, qual foi a data da última venda realizada?

Cockpit SOVIS/FV - Status dos clientes

É por isso que o cockpit de Clientes por Status Comercial fornece uma visão tão apurada e rápida sobre como está a relação de venda com cada cliente, facilitando a tomada de decisão.

Rotas de visita

Cockpit SOVIS/FV - Localização dos vendedores

Com a visualização do mapa da localização dos vendedores e do módulo check in e check out, é possível acompanhar sempre que o seu vendedor iniciar o atendimento a um cliente e finalizar a negociação.

Entre outras coisas, essa análise possibilita acompanhar as vendas realizadas e não realizadas, o tempo investido em cada atendimento, a geolocalização.

A última traz ainda benefícios como a possibilidade de criar rotas inteligentes e organizar a ordem de visitas por dia para o vendedor, a fim de obter o máximo aproveitamento e o mínimo de custo (de gasolina e tempo).

Mais inteligência para gestores

O cockpit é um modo de gerenciamento para distribuidoras que querem alcançar mais agilidade na maneira como elas realizam análise de dados e na forma como elas tomam decisões para melhorar o desempenho das vendas.

Para os gestores a melhor parte é que todos esses dados podem ser enviados por meio de relatórios que chegam diretamente no email e possibilitam visualizar, diariamente, o desempenho da equipe e a evolução para alcançar a meta do mês ou período.

O gerenciamento cockpit está disponível no módulo Gestão WebFV do SOVIS/FV, e assim que configurado, pode ser integrado com o ERP que você já utiliza na sua distribuidora.

É dessa forma que aprimoramos a rotina de trabalho dos seus vendedores e do seu financeiro, utilizando as ferramentas que a sua equipe já está adaptada.

Se a sua distribuidora quer melhorar o desempenho de vendas, o relacionamento com clientes e aprimorar as habilidades dos vendedores, essa ferramenta é para você!

Ainda tem dúvidas sobre como usar a seu favor?

Nosso atendimento está à disposição para te ajudar.

É só clicar aqui para iniciar uma conversa com nossos consultores no WhatsApp! 😉