Plano de dados para minha empresa, por onde começar?

O mercado empresarial de telefonia do país é um dos mais competitivos do mundo. Ele possui uma grande quantidade de opções que podem ser adaptadas aos mais diversos tipos de vida corporativa. Todavia, na hora de escolher um plano de dados para sua empresa, é importante seguir alguns caminhos que tornarão a decisão mais assertiva e tranquila.

Seja você um profissional liberal que depende do telefone ou apenas um executivo que trabalha diretamente do e-mail em qualquer lugar do mundo, sempre é possível encontrar um plano de dados empresarial adequado ao perfil dos seus colaboradores.

Blog Sovis: como a automação de processos reduz custos na sua empresa

 

Plano de dados: definindo o consumo mensal

ico-destinonegocio-activos-y-pasivos-istock-getty-images-849x4305-1030x1030 Plano de dados para minha empresa, por onde começar?

Um dos maiores pesadelos de qualquer gestor ao escolher um plano de dados empresarial é a quantidade de opções disponíveis no mercado. As principais operadoras brasileiras possuem opções com franquias de dados diversas. Além disso, os pacotes de serviços podem atender a diversos perfis.

Por exemplo, existem planos de dados para empresas com ligações ilimitadas para telefones da mesma operadora. Já outros oferecem DDD gratuito. Da mesma forma, existem aqueles que disponibilizam roaming de dados e SMS ilimitado. Diante disso, fica difícil definir qual a opção correta. Você também tem esta dúvida sobre o que escolher para o seu negócio?

O primeiro passo para sair desta “confusão” é ter uma noção básica do consumo mensal de dados em conexões 3G ou 4G da sua empresa. Em telefones modernos, isso é fácil de ser descoberto. Modelos mais recentes possuem possuem aplicativos nativos que medem o consumo mensal de um dispositivo. Entretanto, se essa opção não estiver disponível, é fácil obter uma aproximação do tamanho do pacote ideal.

 

Detalhando a análise dentro de um plano de dados

Se você for uma pessoa que utiliza o telefone apenas para trocar mensagens e e-mails, um plano mais básico pode ser uma boa opção. A maioria das mensagens possui apenas alguns kilobytes (que equivalem a 1 megabyte divido por 1024). Um documento com três páginas do Word, por exemplo, tem um tamanho médio de 30 kb.

Blog Sovis: utilizando a tecnologia mobile no campo

Para quem costuma compartilhar um número pequeno de imagens e gosta de navegar em redes sociais, um plano com 1 GB (1024 megabytes) pode ser o ideal. Ele permitirá que você compartilhe fotos, acesse conteúdos em páginas com fotos e vídeos sem estourar o pacote de dados no final do mês. Em termos de comparação, 1 GB é o bastante para escutar 200 músicas em algum serviço de streaming.

Já os pacotes com mais gigabytes são adequados para quem faz um uso intensivo de internet. Eles permitem o envio de e-mails, o uso de serviços de streaming e o compartilhamento de conteúdos com mais segurança. Em alguns casos, parte da franquia pode até ser compartilhada entre chips SIM card. Para tal, dependendo do modelo, é preciso pagar um valor adicional.

O plano de dados empresarial ideal, portanto, é aquele que se adequa às necessidades do seu negócio. Este tipo de análise sobre  o consumo dentro da empresa faz toda a diferença na hora de fechar um pacote de dados mais adequado.

 

Adotando a estratégia correta

ico-destinonegocio-activos-y-pasivos-istock-getty-images-849x4305-1030x1030 Plano de dados para minha empresa, por onde começar?

Com uma projeção sobre qual é o perfil de consumo de internet de cada funcionário, o gestor empresarial poderá definir quais planos de dados deverão ser contratados. O ideal nesse caso é fazer a contratação de um modelo com uma franquia menor. No final do mês, os chefes de equipe podem se reunir com os seus times e verificar como foi a adaptação dos funcionários de campo ao novo plano de dados empresarial.

Caso for necessário, a contratação de um plano maior pode ser feita. A principal vantagem dessa abordagem é o fato de ela evitar problemas contratuais e o pagamento de multas. Muitas operadoras de telefonia permitem o upgrade para pacotes de dados maiores, mas, caso a diminuição ou o cancelamento de um serviço seja feito antes do fim do período de fidelidade contratual, multas podem ser aplicadas.

A tecnologia e a cobertura da operadora também deve ser levadas em consideração. Planos de dados para empresas são vendidos com opções de acesso a redes 4G e 3G. A primeira opção, mais moderna, oferece altas velocidades de download e upload de dados. Já a segunda, mais antiga, possui velocidades menores, mas entrega uma cobertura maior.

A escolha correta do plano de dados para empresas envolve planejamento e conhecimento. Entendendo melhor como as pessoas irão utilizar os telefones corporativos para compartilharem arquivos, enviarem e-mails e consumirem conteúdo, será possível definir o pacote de dados correto.

 

Cresça no mercado com a Sovis

Especialista em softwares de automação de força de vendas, ordens de serviço, venda assistida, entre outros, a Sovis é uma empresa preparada para oferecer a tecnologia que o seu negócio precisa para vender e crescer mais no mercado. Quer saber mais? Siga as redes sociais:

 

Facebook

 

LinkedIn

Deixe um comentário